Notícias

14 . 09 . 2023

MUNICÍPIO ARRECADA DOAÇÕES

Na última semana, após a ocorrência das enchentes em diversos municípios do Rio Grande do Sul, o Poder Executivo Municipal através da Defesa Civil do município, se solidarizou com as cidades que foram afetadas pelo ciclone, recebendo donativos, materiais de limpeza e higiene, roupas, como também água potável.

            Foi realizado uma campanha de doação chamadas SOS Chuvas em parceria com a Corrente do Amor de nosso município e SOS Rio Grande do Sul, para arrecadar doações para as pessoas afetadas pela última catástrofe. O Município conseguiu através das campanhas arrecadar diversos itens que estavam precisando.  

Também foi enviado um grupo de voluntários para contribuir com os trabalhos nas cidades afetadas. Em um desses grupos estava o Vice-Prefeito Bruno José Heckler, cujas pessoas se mobilizaram em ajudar nas doações ou até na limpeza das cidades atingidas.

O convite e a busca por mais voluntários para colaborar na limpeza das cidades continua. Para ser voluntário você também pode entrar em contato pelo (54) 9 9623-1396.

Segundo o Voluntário Volmir Maggioni, “a ideia surgiu em uma conversa com os guris do Rancho Esterco na Espora, víamos nas mídias, aí entramos em contato com os amigos de Muçum e vimos a necessidade em ajudar. Em um dia arrecadamos muita coisa e levamos, ao chegar lá a realidade foi chocante, tanto que no sábado fomos mais uma vez com maquinários para ajudar na limpeza, já levamos muitos donativos sendo que a comunidade ajudou, contribuindo, e ainda temos na garagem uma carga de doações, comida, roupas, produtos de limpeza e higiene e muitos colchões que serão levados esta semana. Gratidão a cada um que veio até nós para nos ajudar nesta missão importante que é ajudar o próximo”.

Ainda segundo o Vice-Prefeito Bruno que esteve junto “nos reunimos em um grupo em prol do acontecido, mas ao chegar lá nos deparamos com uma realidade chocante, ao nos deparar com a situação em que se encontrava a cidade de Muçum, não teria como descrever em palavras, a cidade foi parcialmente destruída, foi levado algumas arrecadações, bem como fomos ajudar a limpar a cidade, tinha muita lama, é uma situação que requer muito trabalho e toda ajuda que conseguir, conversando com moradores eles comentaram que a água nunca subiu tão rápido como agora, foram pegos de surpresas, casas arrancadas e levadas embora, muitos ficaram traumatizados, muitas vidas perdidas, foi um grande volume de água no Rio Taquari. Também agradecemos aos funcionários do Poder Executivo que nos ajudaram nas arrecadações, separações das mesmas, como também carregar no caminhão, convidamos também para se juntar a nós a população Tamandareense para ir junto com nós ajudar as cidades afetadas” finalizou.

Autor: Luana Erlo